Notícias

28 de Setembro de 2020

Vice-presidente da Adepol recebe título de Cidadão Sergipano na Alese

Compartilhar:

adelmo-pelagio-titulo2.png

Adelmo Pelágio discursa em entrega do Título de Cidadão Sergipano (fotos: Alan Santana)

 

O vice-presidente jurídico da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol), Adelmo Pelágio, recebeu nesta segunda-feira, 28, o  título de Cidadão Sergipano. A cerimônia aconteceu na sala da presidência da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) atendendo a todos os cuidados recomendados pelos órgãos de Saúde perante a pandemia.

 

Nascido na Bahia, mas filho, sobrinho e neto de sergipanos, Adelmo Pelágio, sempre teve uma ligação íntima com o Estado. “Minha relação com Sergipe coincide com os meus primeiros instantes de consciência existencial, já que toda a minha família paterna é sergipana. Então, eu sempre tive a sergipanidade no influxo da minha formação cultural e também dos meus valores. Assim como, acompanhei o estado de Sergipe em seu desenvolvimento, político e social. Há 14 anos desde que fui aprovado no concurso público da polícia civil de Sergipe eu resido e trabalho no Estado”, diz.

 

adelmo-pelagio-titulo3.png

Domingos Pascoal, Adelmo Pelágio, deputado Capitão Samuel e presidente da Alese. Luciano Bispo



O delegado agradece a  homenagem proposta pelo deputado estadual Capitão Samuel, que foi aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais da Casa. “O gesto do capitão Samuel foi de profunda generosidade e sensibilidade em me prestar mais do que uma homenagem, mas uma colmatação de uma lacuna espiritutual em mim, porque sempre tive este desejo. E hoje, tenho a oportunidade de vê-lo realizado graças ao capitão Samuel e demais deputados”, comenta.

 

Além do capitão Samuel, a solenidade contou com a presença do presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo; o delegado-geral da Polícia Civil Thiago Leandro; a coordenadora de Polícia da Capital delegada Rosana Freitas; o presidente da Adepol Isaque Cangussu; a vice-presidente secretária geral da Adepol Flávia Felix; secretário de Estado de Governo José Carlos Felizola, advogado e membro da Academia Sergipana de Letras, Domingos Pascoal, secretário de Administração, George Trindade, dentre outras personalidades.

 

O Título de Cidadão Sergipano busca reconhecer a contribuição de pessoas nascidas em outros estados, mas que desenvolvem trabalhos a ações significativas para o estado de Sergipe. E, foi esta identificação que fez o deputado capitão Samuel ser o autor desta homenagem ao delegado Adelmo Pelágio. “Sergipe é um Estado acolhedor. E quando se trata de um profissional da Segurança Pública que está numa função conseguida por estudo, ligada diretamente a sociedade nós só podemos agradecer. Além do mais, a família do delegado é de Itabaiana, assim como nosso presidente da Casa. Sabemos que esta homenagem é muito merecida”. diz.

 

O membro da Academia Sergipana de Letras, Domingos Pascoal, falou da alegria de estar presente na homenagem ao delegado que conhece desde a sua adolescência. “Adelmo é uma daquelas raras pessoas que veio a este mundo para estudar, aprender e transferir o conhecimento. Um homem modesto, humilde e de uma inteligência além do comum. Sergipe só tem a ganhar com Adelmo Pelágio em nosso Estado. Parabenizo o delegado e também ao deputado também pela iniciativa”, diz.

 

O presidente da Adepol, Isaque Cangussu, ressaltou o desempenho e competência do colega de profissão. “Tenho muito orgulho de ser colega de Adelmo, profissional respeitado e competente. Além de exercermos o mesmo cargo profissional, somos parceiros na Adepol e seu trabalho só confirma o compromisso com a classe e com Sergipe”, alega.

 

O delegado-geral da Polícia Civil Thiago Leandro parabeniza o delegado Adelmo Pelágio pelo recebimento do titulo de cidadão sergipano em virtude dos relevantes serviços prestados ao Estado. “É uma alegria muito grande ver colegas sendo valorizados, é um ganho para toda a Polícia Civil, que recebe essa validação popular, reforça a confiança em nós e nos motiva a continuar realizando bons trabalhos”, diz.